Sobremesa de Natal: Pavlova!

pavlova2

Natal, Sobremesa | 16/12/2014 | por

Falta um pouco mais de uma semana para o Natal, já está mais do que na hora de pensar no que servir nessa Noite especial.

Minha sugestão, para a sobremesa é a Pavlova!

É um doce típico da Austrália, à base de merengue, crocante por fora e macio por dentro. Servido geralmente com creme e frutas.

Para o nosso Natal em clima tropical, nada melhor que servir uma sobremesa leve, né?

Eu coloquei as cerejas da minha mãe, que já foi objeto de estudos nesse post rsrsrs Mas você pode cobrir com aquela cereja tradicional com cabinho, frutas vermelhas, ou outras frutas mais tropicais, solte a imaginação!

pavlova4

Receita:

Rendimento: 8 porções

INGREDIENTES:

6 claras

1 1/2 xic açúcar refinado

1 1/2 colher de chá de vinagre
 
1 1/2 xícara de creme de leite fresco
 
400g cereja (ou qualquer outra fruta)
 
200g geléia de cereja (ou qualquer outra fruta)
 
4 colheres de água
 
pavlova3
 
MODO DE FAZER:
 
Pré-aqueça o forno a 150ºC. Bata as claras até que esteja bem firme. Adicione o açúcar 1 colher de sopa por vez, mexendo por 30 segundos entre uma adição e outra. Depois de adicionar todo o açúcar, bata por mais 6 minutos, até que a mistura esteja firme e brilhante. Adicione o vinagre e bata somente até incorporar.
Desenhe um círculo de 25 cm em um papel manteiga. Coloque o papel em cima de uma fôrma rasa.
Com uma colher de sopa, vá distribuindo o merengue pelo círculo desenhado (ela ficará alta). Abaixe o forno para 120ºC e asse por 1 hora e 30 minutos. Desligue o forno e deixe a pavlova até que esfrie totalmente dentro do forno. Enquanto isso, aqueça a geléia com as 4 colheres de água, até que fique uma mistura homogênea. Desligue o fogo e deixe esfriar.
Bata o creme de leite fresco em ponto de chantilly (picos médios) e cubra a pavlova com o creme.
Por cima do chantilly adicione a geléia  e decore com as cerejas frescas.
 
DICAS:
 
– se você tiver um tapete de silicone, use, a pavlova soltará muito mais facilmente.
– se você não tiver uma fôrma de borda rasa, asse a pavlova nas costas da forma, ou seja, virada de cima para baixo.
– para verificar o ponto firme das claras (antes de adicionar o açúcar), você pode desligar a batedeira e cuidadosamente virar o bowl de cabeça para baixo. Se as claras não se mexerem é porque está no ponto.
 
Chef confeiteira que adora gatos! Formada na França em Pâtisserie. Adora confeitaria artística, atende eventos e dá aulas na área. Adora testar novas receitas e passar seu conhecimento!

Mais Receitas